Notícias

Ações marcam dia “D” de combate ao abuso e exploração sexual de crianças em Caririaçu

Nesta manhã aconteceu caminhada, blitz e roda de conversa

#ASSISTêNCIASOCIAL | POR AGNALDO DE OLIVEIRA | 21 DE MAIO DE 2019 | 84

A escolha desta data é em memória do “Caso Araceli”, um crime que chocou o país na época (Foto: Assessoria de Imprensa)

Desde a segunda-feira(13) muitas ações estão sendo desenvolvidas em Caririaçu, para o dia “D” de enfrentamento ao abuso e a exploração sexual infantil, que foi celebrado nesta terça-feira(21).

Nesta manhã aconteceu caminhada, blitz e roda de conversa. Alunos estiveram participando juntamente com a secretária de assistência social, trabalho e cidadania Zélia Feitosa e funcionários que prestam serviço nos CRAS’s e professores.

Já houve palestras educativas nas escolas municipais Joaquim Caboclo(13) e Paulo Barbosa Leite(17). Ainda haverá palestras nas escolas Pedro Nogueira(22), Martiniano Elias(23), Arara Azul e Raimundo Bezerra(24). Dia 05 de junho ainda haverá audiência pública para debater o tema.


Como surgiu o Dia Nacional Contra o Abuso e Exploração Sexual Infantil


A escolha desta data é em memória do “Caso Araceli”, um crime que chocou o país na época. Araceli Crespo era uma menina de apenas 8 anos de idade, que foi violada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. Este crime, apesar de hediondo, ainda segue impune.


O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído oficialmente no país através da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000. Araceli é hoje símbolo da campanha.

Assessoria de Imprensa

 

Deixe seu comentário