Notícias

Com 87% do público alvo imunizado, campanha de vacinação contra a gripe vai até amanhã em Caririaçu

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o próximo dia 9 de junho

| 08 DE JUNHO DE 2017 | 107

Até ontem (07) Caririaçu vacinou 87% do público alvo, e o município deve atingir a meta de 90%, é o que espera a Coordenadora de Imunização Maysa Kelly(Foto:Assessoria de Imprensa)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o próximo dia 9 de junho. A previsão inicial do Ministério da Saúde era de que a imunização fosse encerrada no último dia (26). A prorrogação, segundo a pasta, tem como objetivo atingir a meta de vacinar 90% do público-alvo (idosos, puérperas, indígenas, crianças, gestantes, professores e trabalhadores de saúde).

O município de Caririaçu aderiu a prorrogação até a próxima sexta-feira (09), e no último dia será feita uma campanha com a finalidade de atingir o número máximo de doses aplicadas. No final da campanha que seria no dia 26 de maio, 68,16% do público-alvo em Caririaçu já havia recebido a vacinação que já era superior à média nacional de 58,2% e estadual que era de 53%. Os dados foram atualizados no dia 22 de maio as 16:00.

Até ontem (07) Caririaçu vacinou 87% do público alvo, e o município deve atingir a meta de 90%, é o que espera a Coordenadora de Imunização Maysa Kelly. Segundo ela as maiores dificuldades são com crianças e idosos. Em nível de Brasil, 76,7% foram vacinados até o último sábado. A cobertura no Estado chegou a 73%.

A dose está disponível nos postos de vacinação para crianças de 6 meses a menores de 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além de professores da rede pública e particular.

Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e com deficiências específicas devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina sem necessidade de prescrição médica.

Assessoria de Imprensa

 

Deixe seu comentário