Notícias

Caririaçu realiza mobilização pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Esquecer é Permitir, Lembrar é Combater.

O objetivo da macha é conscientizar a população sobre essa data (Foto: Assessoria de Imprensa)

A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Cidadania, Centro de Referência de Assistência Social - CRAS e Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS, em parceria com o Conselho Tutelar, realizaram uma macha pelas ruas de Caririaçu na manhã de hoje, 18 de maio.

O objetivo da macha é conscientizar a população sobre essa data de hoje, 18 de Maio - Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, com o tema: Esquecer é Permitir, Lembrar é Combater, que é lembrado por todo o Brasil nessa data.

Alunos da rede municipal de ensino eram maioria no desfile, acompanhados pelo seus professores e assistentes sociais,bem como pela Secretária de Assistência Social, Trabalho e Cidadania e primeira-dama do município Zélia Feitosa.

Com cartazes e faixas as crianças e adolescente se concentraram na praça Padre Augusto no centro de lá seguiram caminhando pela rua Carlos Morais até a praça Padre Cícero no Pernambuquinho, onde foram distribuídos lanches para os mesmos.

A Secretaria Municipal de Saúde também esteve marcando presença no evento, através do setor de imunização. Foi oferecido vacina conta a gripe no local,uma equipe de profissionais estavam fazendo a vacinação na praça Padre Cícero.

Zélia Feitosa em sua fala alertou os pais e professores presentes para está atento ao comportamento do seu filho e procurar saber o que está acontecendo para tais mudanças em seu comportamento, palavras que foram reforçadas pelo psicólogo e radialista Ronaldo Costa, que alertou, qualquer comportamento anormal, denuncie, ligue para o numero 100 ou vá até o conselho tutelar e faça a denuncia.

HISTÓRIA

Em 1973 um crime bárbaro chocou o Brasil. Seu desfecho escandaloso seria um símbolo de toda a violência que se comete contra as crianças.

Com apenas oito anos de idade, Araceli Cabrera Sanches foi sequestrada em 18 de maio de 1973. Ela foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. O caso foi tomando espaço na mídia. Mesmo com o trágico aparecimento de seu corpo, desfigurado por ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória (ES), poucos foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio da sociedade capixaba acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.

Foto: Assessoria de Imprensa

 

Deixe seu comentário

Prefeitura Municipal de Caririaçu

Localização

Parque Recreio Paraiso, S/N
Paraiso - 63.220-000
Caririaçu - CE

Redes Sociais